Governo do Estado da Bahia determina fechamento do comércio de Alagoinhas. - Fala Alagoinhas News | Portal de Alagoinhas e Região

Governo do Estado da Bahia determina fechamento do comércio de Alagoinhas.

Share This
Após reuniões virtuais com prefeitos e prefeitas entre quarta e sexta-feira (10), o governador Rui Costa estabeleceu, em conjunto com as administrações municipais, medidas mais duras para barrar o crescimento da disseminação da Covid-19 em 62 cidades. O decreto que estabelece as decisões tomadas foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (11). De acordo com Rui Costa, estes municípios apresentam as maiores taxas de crescimento da doença na Bahia.

O governador explica que após três dias de reuniões foi possível ter um diagnóstico mais preciso das dificuldades enfrentadas pelos gestores municipais, bem como pactuar o conjunto de medidas aprovado de forma unânime. “Estaremos com as medidas de restrição de circulação à noite para evitar, por exemplo, que muitos jovens se reúnam para beber em festas e encontros.

Os prefeitos têm relatado muita dificuldade com essa situação que ajuda no aumento da contaminação. Também iremos aumentar a testagem das pessoas nestes municípios. Além disso, iremos adotar maior rigor na fiscalização para que os contaminados não saiam de casa”, assegurou o governador.

Rui pontuou que pessoas com diagnóstico positivo para o novo coronavírus não têm respeitado os decretos já publicados e tampouco seguem as orientações das equipes de saúde. “Se for o caso, orientaremos que seja realizada denúncia à polícia e ao Ministério Público para providências junto ao juiz local. Todas as medidas nesse sentido serão para que quem estiver contaminado não saia de casa”, acrescenta.

Rui ainda ressaltou que todas as novas medidas foram acordadas com os gestores municipais. “O estado só estabelece tais medidas porque houve concordância plena dos prefeitos. Esse tem sido o padrão desde o início da pandemia. Só aplicamos um novo protocolo com 100% de concordância”.

Ontem (10) o Alagonews publicou uma informação baseada no Diário Oficial de Alagoinhas, mas, o mesmo, não terá mais validade e desta forma, toda a população deverá seguir o que foi determinado pelo Governo do Estado.

Confira as medidas:

Vigência: de 13 a 19 de Julho.

Toque de recolher das 18 às 05 da manhã;




Comércio em geral fechado;




Comércio essencial apenas das 5h da manhã as 16h da tarde;




Art. 2º - Fica autorizado, das 05h às 16h, somente o funcionamento dos serviços essenciais, e em
especial as atividades relacionadas ao enfrentamento da pandemia, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde;
§ 1º - Para fins do disposto no caput deste artigo, consideram-se essenciais as atividades de
mercados, serviços de delivery, farmácias, unidades de saúde, serviços de segurança privada, serviços
funerários, postos de combustíveis, indústrias, bancos, lotéricas e estabelecimentos voltados a alimentação e cuidado a animais.
§ 2º - Para fins do disposto no caput deste artigo, consideram-se serviços públicos essenciais,
cuja prestação não admite interrupção, as atividades relacionadas à segurança pública, saúde, proteção e defesa civil, fiscalização, arrecadação, limpeza pública, manutenção urbana, transporte público, energia, saneamento básico e comunicações.

A informação que consta nesta matéria, foi confirmada pelo secretário de governo, Gustavo Carmo junto a nossa equipe.

Em algumas horas, a Prefeitura de Alagoinhas, emitirá nota informando sobre as novas decisões.

Por: Alagonews / Fala alagoinhas News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Pages