Reajuste do salário mínimo fica abaixo da inflação e trabalhador terá menos poder de compra - Fala Alagoinhas News | Portal de Alagoinhas e Região

Reajuste do salário mínimo fica abaixo da inflação e trabalhador terá menos poder de compra

Share This

O reajuste do salário minimo sancionado por Jair Bolsoanro (Sem Partido), no final de 2020, teve reajuste de 5,26%. Com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) - inflação dos itens comprados normalmente, divulgado nesta terça-feira (12/1) -, ficou em 5,45%. Isso significa que o trabalhador passará a comprar menos, ainda que pareça receber mais dinheiro.


 O salário mínimo em 2021 passou de R$ 1.045 para R$ 1.100. Para que a alta pudesse repor o poder de compra, o piso deveria subir para pelo menos R$ 1.102, de acordo com contas feitas pela Folha de S. Paulo. Embora pareçam apenas R$ 2, isso significa que não haverá aumento real no salário, mas, sim, diminuição.

O reajuste não prevê ganho real aos trabalhadores, segundo membros do Ministério da Economia. O novo valor havia sido calculado levando em conta apenas a variação da inflação. A Folha procurou o Ministério da Economia para saber se o valor será ajustado após a divulgação do INPC, mas a pasta ainda não respondeu.

O resultado do INPC foi influenciado pelo mês de dezembro, que registrou alta de 1,46%, acima dos 0,95% registrados em novembro. Segundo o IBGE, essa foi a maior variação mensal desde 2016 e a maior variação para um mês de dezembro desde 2002. 


Fonte/ Aratu On

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad

Pages